Quarta, 20 Setembro 2017 09:51

Artigo 051 - Exportações roraimenses têm o segundo melhor resultado no ano

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Artigo Técnico 50/2017 de 20 de setembro de 2017

 

Exportações roraimenses têm o segundo melhor resultado no ano

 

Roraima exportou aproximadamente US$ 2,1 milhões de mercadorias para o exterior no mês de agosto de 2017, este foi o segundo melhor resultado das exportações neste ano, ficando atrás apenas do mês de julho quando as exportações atingiram o recorde de US$ 3,7 milhões em vendas para o exterior.

 

Gráfico 1 – Exportações de Roraima em 2017.

Fonte: MDIC

 

O produto com maior volume de exportações em agosto foi o açúcar, tendo sido vendidas para a Venezuela 1.230 toneladas, gerando uma receita de venda de US$ 768 mil. O segundo item mais vendido foi o arroz, que também teve como o mercado consumidor a Venezuela, foram exportadas 984 toneladas no valor total de US$ 635 mil.

Outros produtos com destaque na pauta de exportação roraimense no mês de agosto foram: farinhas de cereais no valor de US$ 350 mil; sêmeas no valor de US$ 93 mil, ambos os produtos tiveram como destino a Venezuela; e a madeira no valor de US$ 80 mil, vendida para a Holanda e Venezuela.

Em relação às importações, no mês de agosto deste ano foram comprados do mercado exterior US$ 905 mil em mercadorias, sendo este valor, assim como nas exportações, o segundo maior no ano de 2017, ficando atrás apenas das importações que ocorreram no mês de junho.

 

Gráfico 3 – Importações de Roraima em 2017

Fonte: MDIC

 

Os principais produtos importados no mês de agosto foram: centrais de ar-condicionado vindos da China no valor de US$ 439 mil; Máquinas automáticas para processamento de dados e suas unidades (eletroeletrônicos) da China, Tailândia e Malásia no valor de US$ 60 mil; pneus também vindos da China no valor de US$ 59 mil; e o arroz vindo da Guiana no valor de US$ 57 mil.

A balança comercial de Roraima ficou superavitária no mês de agosto de 2017 em aproximadamente US$ 1,2 milhões, já no acumulado do ano o saldo também foi positivo em pouco mais de US$ 8,4 milhões.

 

FÁBIO RODRIGUES MARTINEZ

CORECON-RR 2077

Ler 93 vezes